Por que usabilidade e experiência do usuário são vitais no Web Design

Dentre os princípios mais importantes que devem ser levados em conta ao projetar um web site eficaz estão usabilidade e experiência do usuário.

Que podem ser subdivididos nos seguintes atributos:

Útil: Realiza algo que as pessoas precisam.
Assimilável: As pessoas podem descobrir como usá-lo.
Memorizável: Não é preciso reaprender a usa-lo em cada visita.
Eficaz: Consegue concluir o trabalho.
Eficiente: Faz isso com uma quantidade razoável de tempo e esforço.
Desejável: As pessoas o querem.
Agradável: As pessoas se sentem bem ao usá-lo.

Em web design, usabilidade refere-se ao nível de facilidade que os usuários enfrentaram ao interagirem com o site. Por exemplo, alguns sites são visualmente impressionantes, mas difíceis de navegar, o que dificulta com que os usuários encontrem o que precisam. Esses sites estão no limite inferior da escala de usabilidade.

A experiência do usuário (user experience ou UX), por outro lado, está relacionada com a maneira como os visitantes se sentem sobre a interação com seu site. Usabilidade é sobre funcionalidade, enquanto UX é (como o nome sugere) sobre experiência.

Vamos detalhar por que esses elementos são tão importantes:

  • Se os usuários não conseguirem encontrar as informações de que precisam, eles ficarão frustrados.
  • Quanto mais difícil for o seu site, maior será a sua taxa de rejeição.
  • Uma experiência ruim pode significar menos visitantes recorrentes, menos tráfego de referência e até mesmo uma diminuição nas conversões.

É importante entender que a usabilidade e a experiência do usuário estão intimamente conectadas. Na maioria dos casos, as más decisões de usabilidade levam a um UX ruim. Felizmente, criar um design altamente útil não é tão difícil se você mantiver a seguinte técnica fundamental em mente:

Não faça os usuários pensarem

Isso significa que um leigo, um usuário comum (ou mesmo abaixo da média) com a sua capacidade e experiência pode descobrir facilmente como usá-lo para realizar algo.

Concentre-se em seus potenciais utilizadores, nas pessoas que provavelmente irão utilizar o seu site. Pense no propósito do site e o desenvolva para atingir esse propósito. Faça que o site seja auto-evidente ou pelo menos auto-explicativo. Quando você está criando um site, seu trabalho é se livrar dos pontos de interrogação.

Conclusão

Quanto melhor a usabilidade do seu site, mais os usuários aproveitarão sua experiência. Em regra, os sites devem ter um design bem feito, devem oferecer um excelente conteúdo e deve ser divertido usa-lo.

É fundamental que ele tenha estas características:

  • Navegação clara: quanto mais fácil o seu site navegar, mais felizes serão os seus usuários.
  • Bom desempenho: sites lentos perdem visitantes, então você precisa otimizar o desempenho.
  • Legibilidade: o seu conteúdo deve ser de fácil leitura, para que não confunda ou frustre.
  • Responsividade: o seu site precisa funcionar bem em todos os dispositivos.

Referência:
Don’t Make Me Think, Revisited – A Common Sense Approach to Web Usability

Quer receber mais conteúdos como este gratuitamente?

Assine nossa lista VIP e os receba por e-mail em primeira mão.



Autor: David Breder
Gerente de Desenvolvimento Web com mais de 8 anos de experiência e Consultor de E-commerce e Negócios Digitais pela ESPM.